O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha abriu as portas ao público no passado mês de Abril de 2009, com a inauguração de um novo edifício, um Centro Interpretativo do sítio arqueológico, autoria dos arquitectos Alexandre Alves Costa, Sergio Fernandez e Luís Urbano, que foi distinguido com o Prémio Municipal ‘Diogo Castilho, atribuído pela Câmara Municipal de Coimbra no dia 4 de Julho 2009, exactamente no mesmo dia em que foi inaugurada a Exposição Ressurreição, a primeira a ser instalada no espaço destinado a Exposições Temporárias desse edifício.

O nº 12 da revista ecdj é motivado por esta dupla celebração, e pretende documentar tanto a Exposição Ressurreição como o ressurgimento do Mosteiro, que é verdadeiramente um ressurgimento glorioso, depois de ter sido abandonado definitivamente pelas freiras clarissas em 1677, há mais de 300 anos.

 

Editores convidados: José António Bandeirinha, Nuno Correia, António Olaio

Published: 2010-03-02