Meditação sobre a ruína das ruínas

  • Vasco Gil Mantas Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra

Resumo

As ruínas da cidade de Palmira, importantes pela história e estado de conservação, sofreram recentemente atentados de que resultou a perda de alguns dos seus monumentos mais relevantes. O motivo subjacente às destruições corresponde à prática de eliminação do passado por razões ideológicas, o que obriga a reflectir sobre a evolução política do Próximo Oriente e a considerar as consequências previsíveis do caos regional desenvolvido nos últimos anos.

Palavras-chave

Palmira, Império Romano, arquitectura, ideologia, radicalismo, geopolítica

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-07-11
Como Citar
MANTAS, Vasco Gil. Meditação sobre a ruína das ruínas. Humanitas, [S.l.], v. 69, p. 111-145, jul. 2017. ISSN 2183-1718. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/humanitas/article/view/4460>. Acesso em: 17 ago. 2017.
Secção
Artigos