Questões em torno da unanimidade litúrgica no mosteiro de Alcobaça – séculos XIII a XV

  • Catarina Fernandes Barreira Universidade Nova de Lisboa – IEM

Resumo

Este artigo centra-se na questão da unanimidade litúrgica cisterciense no contexto da abadia de Alcobaça, entre os séculos XIII e XV. A  problematização da questão vai ser realizada através da análise de alguns dos seus manuscritos, nomeadamente os de uso litúrgico, como os breviários e os códices de apoio à liturgia. Os referidos manuscritos constituem-se como uma importante fonte de informação sobre a prática diária da liturgia no ambiente da abadia, sobre o cumprimento das orientações provenientes dos Capítulos Gerais de Cister e sobre a sua maior ou menor permeabilidade a outras devoções.

https://doi.org/10.14195/1645-2259_16_2

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-12-30
Como Citar
BARREIRA, Catarina Fernandes. Questões em torno da unanimidade litúrgica no mosteiro de Alcobaça – séculos XIII a XV. Revista de História da Sociedade e da Cultura, [S.l.], v. 16, p. 33-54, dez. 2016. ISSN 2183-8615. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/index.php/rhsc/article/view/3963>. Acesso em: 24 jul. 2017.
Secção
Artigos

Palavras-chave

mosteiro de Alcobaça; unanimidade litúrgica; manuscritos; liturgia; breviários