A organização interna do Partido Republicano Nacionalista (1923‑1935)

  • Manuel Baiôa Universidade de Évora – CIDEHUS

Resumo

O Partido Republicano Nacionalista (PRN) tinha um estatuto e uma estrutura organizativa semelhante aos restantes partidos republicanos portugueses. O Diretório era o órgão diretivo supremo e era coadjuvado pela Comissão Administrativa, órgão encarregue da burocracia. A nível central havia ainda a Junta Consultiva e o Grupo Parlamentar. A nível regional, o PRN estava organizado em função da estrutura administrativa
do país. A sua rede partidária era abrangente, mas ficava aquém do  principal partido do regime – Partido Republicano Português, vulgarmente conhecido como Partido Democrático. O PRN tinha um aparato organizativo simples, típico dos partidos de quadros, ainda sem um rol de funcionários que caracterizava os partidos de massas em ascensão na Europa. A organização assentava num conjunto alargado de notáveis e caciques,
unidos entre si por laços de parentesco e clientelas. Em suma, embora começassem a surgir alguns elementos de modernização, o PRN continuava com uma organização deficiente, irregular, intermitente e pouco estruturada.

https://doi.org/10.14195/1645-2259_16_16

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-12-30
Como Citar
BAIÔA, Manuel. A organização interna do Partido Republicano Nacionalista (1923‑1935). Revista de História da Sociedade e da Cultura, [S.l.], v. 16, p. 369-391, dez. 2016. ISSN 2183-8615. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/index.php/rhsc/article/view/3979>. Acesso em: 26 set. 2017.
Secção
Artigos

Palavras-chave

Partido Republicano Nacionalista; partidos; elites; Primeira República Portuguesa; estrutura partidária