Políticas Públicas de Educação de Adultos em Portugal - Transições na Era Pós-Novas Oportunidades: Perceções de uma Equipa Técnico-Pedagógica

  • Marta de Oliveira Rodrigues Mestre em Ciências da Educação/Especialização em Educação de Adultos. Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
  • Armando Paulo Ferreira Loureiro Professor Auxiliar da Escola das Ciências Humanas e Sociais da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Investigador do Centro de Investigação e Intervenção Educativas da Universidade do Porto.

Resumo

Este artigo resulta de uma investigação que pretendeu analisar as perceções de uma equipa técnico-pedagógica de um extinto Centro Novas Oportunidades (CNO) sobre as alterações resultantes da passagem de um período marcado pela Iniciativa Novas Oportunidades (INO) para uma época de transição de políticas educativas em que se implementavam os Centros para a Qualificação e Ensino Profissional (CQEP). Este estudo exploratório de natureza qualitativa foi realizado junto de oito “profissionais” de um CQEP da região Norte de Portugal, utilizando como técnica de recolha de dados a inquirição por entrevista. Os resultados obtidos permitem-nos concluir, entre outros aspetos, que a maioria dos entrevistados não concorda com a mudança ocorrida entre a INO e o Medida Vida Ativa, considerando-a economicista e que não resolveu as questões fulcrais de melhoria da INO e dos seus centros.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-04-07
Como Citar
RODRIGUES, Marta de Oliveira; LOUREIRO, Armando Paulo Ferreira. Políticas Públicas de Educação de Adultos em Portugal - Transições na Era Pós-Novas Oportunidades: Perceções de uma Equipa Técnico-Pedagógica. Revista Portuguesa de Pedagogia, [S.l.], p. 63-82, abr. 2017. ISSN 1647-8614. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/index.php/rppedagogia/article/view/4130>. Acesso em: 27 jun. 2017.
Secção
Artigos

Palavras-chave

balanço de competências; equipa técnico-pedagógica; Centro Novas Oportunidades; Centro para a Qualificação e Ensino Profissional