Listas do Desassossego

  • Pedro Sepúlveda FCSH, Universidade Nova de Lisboa

Resumo

O espólio de Fernando Pessoa alberga inúmeros papéis que não chegaram a ser integrados em livros, mas que na maioria dos casos foram concebidos com esse propósito. É o que acontece no caso do Livro do Desassossego, onde uma aparente desordem dos materiais legados contrasta com uma persistente ideia estruturante de livro. Para além dos textos concebidos explicitamente como parte integrante do mesmo, numerosas listas editoriais testemunham a presença de uma ideia de edição constantemente modificada e adiada. Estas listas, entre as quais importa distinguir listas de projetos editoriais e planos de estruturação do livro, não só possuem um propósito prático, como lhe conferem um sentido e uma posição no conjunto da obra. Através da análise deste corpus procurar-se-á traçar a história deste planeamento e mostrar o modo como a conceção do Livro dele depende.

Abstract
Fernando Pessoa’s Archive houses innumerous papers that were never integrated in books, but were in most cases conceived with this purpose. This is also the case of the Book of Disquiet, where an apparent disorder of the materials left by the poet contrasts with a persistent structuring idea of book. Beyond the texts explicitly conceived as part of the book, several editorial lists show the presence of an idea of edition constantly changed and delayed. These lists, among which one should distinguish between lists of editorial projects and structuring plans of the book, not only follow a practical purpose, but also give a meaning and a position to it within the work as a whole. The analysis of this corpus allows for the charting of the history of this planning, showing how the conception of the Book depends on it.

 

DOI: http://dx.doi.org/10.14195/2182-8830_1-1_2

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Sepúlveda, FCSH, Universidade Nova de Lisboa
Pedro Sepúlveda é Investigador de Pós-Doutoramento na FCSH da Universidade Nova de Lisboa, onde integra o projeto “Estranhar Pessoa: um escrutínio das pretensões heteronímicas” (ELAB/IFL). Tem-se dedicado principalmente ao estudo da obra de Pessoa, procurando articular problemas de foro hermenêutico e filológico.

Referências

1. Obras de Fernando Pessoa

BNP/E3: Espólio de Fernando Pessoa à guarda da Biblioteca Nacional de Portugal http://purl.pt/1000/1/: Espólio de Fernando Pessoa disponibilizado na Biblioteca Nacional Digital.

AC: Alberto Caeiro, Poesia, ed. Fernando Cabral Martins e Richard Zenith, Lisboa: Assírio e Alvim, 2001.

CO-I: Correspondência, 1905-1922, ed. Manuela Parreira da Silva, Lisboa: Assírio e Alvim, 1999.

ES: A Educação do Stoico, ed. Jerónimo Pizarro, Edição Crítica de Fernando Pessoa, Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2007.

GL: Escritos sobre Génio e Loucura, ed. Jerónimo Pizarro, Edição Crítica de Fernando Pessoa, Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2006.

LdD: Livro do Desasocego, ed. Jerónimo Pizarro, Edição Crítica de Fernando Pessoa, Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2010.

LD: Bernardo Soares, Livro do Desassossego, ed. Richard Zenith, 9.a edição, Lisboa: Assírio e Alvim, 2011.

LD-I: Livro do Desassossego por Vicente Guedes, Bernardo Soares, ed. Teresa Sobral Cunha, Vol. I, Lisboa: Presença, 1990.

LD-II: Livro do Desassossego por Bernardo Soares, ed. Teresa Sobral Cunha, Vol. II, Lisboa: Presença, 1990.

PCAC: Poemas Completos de Alberto Caeiro, ed. Teresa Sobral Cunha, Lisboa: Presença, 1994.

PP: Provérbios Portugueses, ed. Jerónimo Pizarro e Patricio Ferrari, Lisboa: Ática, 2010.

SOI: Sensacionismo e Outros Ismos, ed. Jerónimo Pizarro, Edição Crítica de Fernando Pessoa, Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2009.
TH: Teoria da Heteronímia, ed. Fernando Cabral Martins e Richard Zenith, Lisboa: Assírio e Alvim, 2012.

2. Outra

Coelho, Jacinto do Prado (1982). “Fernando Pessoa Sempre Existiu”, Livro do Desassossego, ed. Jacinto do Prado Coelho, Maria Aliete Galhoz e Teresa Sobral Cunha, Lisboa: Ática: VII-XXIII.

Ferreira, António Mega (2005). Fazer pela vida, Um retrato de Fernando Pessoa, o empreendedor, Lisboa: Assírio e Alvim.

Gusmão, Manuel (2003). “O Fausto — um teatro em ruínas”, Românica, Revista de Literatura, 12: 67-86.

Lourenço, Eduardo (2008). Fernando, Rei da nossa Baviera, 3.ª edição, Lisboa: Gradiva.

Martins, Fernando Cabral (2000). “Editar Bernardo Soares”, Revista Colóquio/Letras, Ensaio, 155/156: 220-225.

_________ (2003). “Breves notas sobre a alta definição”, Românica, Revista de Literatura, 12: 157-164.

_________ (coord.) (2008). Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português, Lisboa: Caminho.

Nemésio, Jorge (1958). A Obra Poética de Fernando Pessoa, Estrutura das Futuras Edições, Salvador da Bahia: Livraria Progresso Editora.

Patrício, Rita (2008). Episódios. Da teorização estética em Fernando Pessoa, Tese de Doutoramento em Ciências da Literatura, Braga: Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho.

Pizarro, Jerónimo (2010). “Estudo”, Livro do Desasocego, ed. Jerónimo Pizarro, Edição Crítica de Fernando Pessoa, Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda: 517-605.

Rubim, Gustavo (2000). “Livro: o único, o múltiplo e o inexistente”, Revista Colóquio/Letras, Ensaio, 155/156: 216-219.

Seabra, José Augusto (coord.) (1993). “Introdução”, Mensagem, Poemas esotéricos, Edição Crítica, Madrid [etc.]: Coleção Arquivos: XXV-XL.

Sena, Jorge de (1982). “Introdução”, Fernando Pessoa e C.ª Heterónima, Lisboa: Edições 70.

Sepúlveda, Pedro (2012). Os livros de Fernando Pessoa. Tese de Doutoramento em Estudos Portugueses / Estudos de Literatura. Lisboa: FCSH da Universidade Nova de Lisboa (consultável online em http://run.unl.pt/handle/10362/7420).

_________ e Uribe, Jorge (2013). “Planeamento editorial de uma obra em potência: o autor, crítico e tradutor Thomas Crosse”, Revista Colóquio/Letras, Ensaio, 183 (no prelo).

Sousa, João Rui de (2008). Fernando Pessoa, Empregado de escritório, Lisboa: Assírio e Alvim.

Zenith, Richard (2011). “Introdução”, Livro do Desassossego, ed. Richard Zenith, 9.a edição, Lisboa: Assírio e Alvim: 13-41.
Publicado
2013-06-30
Como Citar
SEPÚLVEDA, Pedro. Listas do Desassossego. MATLIT: Materialidades da Literatura, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 35-55, jun. 2013. ISSN 2182-8830. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/matlit/article/view/1616>. Acesso em: 26 set. 2017. doi: https://doi.org/10.14195/1616.
Secção
Secção Temática | Thematic Section

Palavras-chave

Materialidades da Literatura; Fernando Pessoa; Livro do Desassossego; Projetos, Edição; Publicação