As mulheres nas estruturas de tomada de decisão nos meios de comunicação europeus

  • Karen Ross University of Liverpool, Department of Communication and Media

Resumo

O reduzido número de mulheres que ocupam altos cargos nas organizações dos media tem sido motivo de preocupação há já várias décadas. Este artigo resume os principais resultados de uma investigação que teve por objetivo analisar e refletir sobre a situação neste domínio na Europa, explorando o grau de entrada das mulheres na gestão a níveis mais elevados num amplo leque de grandes organizações mediáticas, públicas e privadas, da UE e da Croácia. O projeto analisou ainda como as mulheres séniores experienciam, de facto, os seus meios-ambientes no local de trabalho e que tipos de igualdade de género e/ou políticas focalizadas nas mulheres estão em vigor nessas organizações. A partir dos dados, o projeto desenvolveu um conjunto de indicadores que seria adotado pelo Conselho da Comissão Europeia e que aqui se apresentam.

Palavras-chave

o estatuto das mulheres nos media; mulheres e organizações mediáticas; género na tomada de decisão

  • Resumo viewed = 8 times
  • PDF viewed = 10 times

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-10-11
Como Citar
ROSS, Karen. As mulheres nas estruturas de tomada de decisão nos meios de comunicação europeus. Media & Jornalismo, [S.l.], v. 17, n. 30, p. 63-69, out. 2017. ISSN 2183-5462. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/mj/article/view/4716>. Acesso em: 14 dez. 2017.
Secção
Artigos