Impactos do Lowsumerism nas estratégias de publicidade e propaganda: um estudo de caso da Green Co. Brasil

  • Juliana Lopes de Almeida Souza UFMG
  • Thaís Martins Guerra Centro Universitário UNA

Resumo

O presente artigo investiga a tendência do lowsumerism voltada para um novo discurso de campanha publicitária, que aborda o consumo de forma sustentável como estratégia. Este trabalho critica a insustentabilidade da propaganda, que muitas vezes se perde entre a ética e a estética. A marca mineira Green Co. - que atua no segmento da moda - é objeto empírico da investigação. A pesquisa conta com entrevista e questionário com o fundador da marca, Cassius Silva Pereira – além da análise da comunicação deles em mídias digitais e, por meio dela, observa-se que eles têm um propósito verdadeiro e estão realmente comprometidos com todos os aspectos da sustentabilidade, em termos estratégicos. A Green Co. é uma marca que conseguiu aliar a tendência do lowsumerism ao Marketing 3.0, construindo não só um discurso, mas também uma marca sustentável, responsável e atraente, que concilia de forma inteligente os interesses de vendas com os objetivos ideológicos.

Palavras-chave

Lowsumerism, estratégia, marketing 3.0, sustentabilidade, Green Co. Brasil

  • Resumo visualizado = 21 vezes
  • PDF visualizado = 20 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-11-09
Como Citar
DE ALMEIDA SOUZA, Juliana Lopes; GUERRA, Thaís Martins. Impactos do Lowsumerism nas estratégias de publicidade e propaganda: um estudo de caso da Green Co. Brasil. Media & Jornalismo, [S.l.], v. 18, n. 33, p. 235-248, nov. 2018. ISSN 2183-5462. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/mj/article/view/4827>. Acesso em: 19 dez. 2018.