Psychometric properties of the schedule of growing skills II: Portuguese version

  • Carla Afonso Varajidás Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • Magda Machado Editora Hogrefe
  • Maria Paula Mota Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • Rui Martins Faculdade de Motricidade Humana
  • Maria Carmo Lisboa Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • Isabel Soares Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • Susana Sousa Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • José Carlos Leitão Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Resumo

A segunda versão da Escala de Avaliação das Competências no Desenvolvimento Infantil Schedule of Growing Skills (SGS-II) foi padronizada no Reino Unido, utilizando uma amostra de 348 crianças, dos 0 aos 5 anos. A escala avalia dez áreas de desenvolvimento psicomotor em 14 faixas etárias. A versão em Português da SGS-II foi publicada em 2003, reeditada em 2011 e em 2012, sem avaliação das qualidades psicométricas. O objetivo deste estudo foi avaliar as qualidades psicométricas da versão portuguesa, comparando- -as com os resultados da versão original. Uma amostra de 364 crianças portuguesas, 193 meninos e 172 meninas, com idade média de 34.45 meses (±18.62) foi avaliada com a SGS-II. Os resultados mostraram que a versão portuguesa da SGS-II tem propriedades psicométricas adequadas ao rastreio do desenvolvimento infantil, com coeficientes de consistência interna adequados e excelentes (≥0.7), sendo semelhantes aos obtidos a partir dos estudos de confiabilidade realizados na versão inglesa.

Palavras-chave

desenvolvimento psicomotor; crianças; avaliação; propriedades psicométricas; fiabilidade

  • Resumo viewed = 46 times
  • PDF (English) viewed = 38 times

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-07-17
Como Citar
VARAJIDÁS, Carla Afonso et al. Psychometric properties of the schedule of growing skills II: Portuguese version. Psychologica, [S.l.], v. 60, n. 1, p. 7-18, jul. 2017. ISSN 1647-8606. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/4752>. Acesso em: 15 dez. 2017.
Secção
Articles