Fatores influenciadores dos comportamentos de mobilização dos recursos humanos num hospital universitário

  • Carlos Américo Barreira Pinto Universidade de Coimbra
  • Carla Maria Santos de Carvalho Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
  • Lisete dos Santos Mendes Mónico Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
  • Pedro Miguel Santos Dinis Parreira Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Resumo

A influência das práticas de Gestão de Recursos Humanos (GRH) e o papel mediador das condições psicológicas de apoio, confiança, justiça e empowerment na mobilização dos colaboradores do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) e da Universidade Federal do Ceará (UFC) foram estudados utilizando-se análises fatoriais exploratória e confirmatória, por meio da modelagem de equações estruturais e o bootstrapping (N = 638). Os resultados sugerem que as práticas mobilizadoras de GRH podem estimular a adoção de bons comportamentos por parte dos colaboradores do HUWC/UFC. Porém, estas podem não ser suficientes, caso não sejam também implementadas práticas de justiça, apoio, confiança e empowerment, susceptíveis de desenvolver nos colaboradores sentimentos mais profundos de vínculo afetivo para com a instituição e, consequentemente, melhorar os relacionamentos, a motivação e o desempenho coletivo.

Palavras-chave

mobilização; comportamentos; recursos humanos; condições psicológicas; práticas de GRH

  • Resumo viewed = 15 times
  • PDF viewed = 9 times

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-07-17
Como Citar
PINTO, Carlos Américo Barreira et al. Fatores influenciadores dos comportamentos de mobilização dos recursos humanos num hospital universitário. Psychologica, [S.l.], v. 60, n. 1, p. 113-135, jul. 2017. ISSN 1647-8606. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/4759>. Acesso em: 15 dez. 2017.
Secção
Articles