Regulação das emoções na infância: Delimitação e definição

  • Ana Maria Rocha Faculdade de Psicologia, Universidade de Lisboa
  • Adelinda Araújo Candeias Centro de Investigação em Psicologia e Educação, Universidade de Évora
  • Adelina Lopes da Silva Faculdade de Psicologia, Universidade de Lisboa

Resumo

Este artigo faz uma revisão conceptual e teórica da regulação das emoções, assim como de estudos empíricos associados a correlatos e indicadores de ajustamento psicossocial. No âmbito da Psicologia do Desenvolvimento, este artigo pretende contribuir para a clarificação da definição e delimitação da regulação das emoções na infância. Começamos por fazer uma resenha histórica do seu estudo; de seguida, procuramos delimitar o conceito de outros que lhe são contíguos (e.g., coping e inteligência emocional), para, depois, apresentar uma definição em função de várias problemáticas relevantes ao tema (e.g., regulação das emoções e regulação emocional; autorregulação e regulação externa das emoções).

Palavras-chave

emotion regulation, childhood, social competence, psychopathology, psycho-social adjustment

  • Resumo visualizado = 177 vezes
  • PDF visualizado = 350 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-02-09
Como Citar
ROCHA, Ana Maria; CANDEIAS, Adelinda Araújo; SILVA, Adelina Lopes da. Regulação das emoções na infância: Delimitação e definição. Psychologica, [S.l.], v. 61, n. 1, p. 7-28, fev. 2018. ISSN 1647-8606. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/5207>. Acesso em: 15 dez. 2018.
Secção
Artigos