Primeiros Socorros Psicológicos: Intervenção psicológica na catástrofe

  • Maria João Beja Universidade da Madeira
  • Alda Portugal Universidade da Madeira
  • Joana Câmara Universidade Católica Portuguesa
  • Cláudia Berenguer Mestrado Integrado em Psicologia Clínica do ISPA
  • Ana Rebolo Mestrado Integrado em Psicologia Clínica do ISPA
  • Carlota Crawford Mestrado da Educação da Universidade da Madeira
  • Dinis Gonçalves Licenciatura em Psicologia da Universidade da Madeira

Resumo

As catástrofes são acontecimentos traumáticos que provocam grandes perdas de vida, com implicações na saúde e/ou materiais que podem afetar muitas pessoas. O incremento da ocorrência e magnitude destes incidentes conduziu a uma consciencialização crescente sobre o impacto das mesmas ao nível do funcionamento psicológico e da saúde mental, assim como da importância do desenvolvimento de uma intervenção precoce cuidadosamente estruturada e organizada. Os Primeiros Socorros Psicológicos foram desenvolvidos como uma forma de intervenção de apoio psicossocial precoce e englobam um conjunto de princípios e diretrizes orientadas para a promoção da estabilização emocional em indivíduos afetados por incidentes críticos. Este artigo pretende contribuir para a sistematização dos conhecimentos nesta área de estudos que se encontra numa fase emergente em Portugal.

Palavras-chave

catástrofe, intervenção psicossocial, primeiros socorros psicológicos, modelo RAPID-PFA

  • Resumo visualizado = 245 vezes
  • PDF visualizado = 680 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-02-09
Como Citar
BEJA, Maria João et al. Primeiros Socorros Psicológicos: Intervenção psicológica na catástrofe. Psychologica, [S.l.], v. 61, n. 1, p. 125-142, fev. 2018. ISSN 1647-8606. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/5213>. Acesso em: 11 dez. 2018.
Secção
Artigos