INSUBMISSÃO CRIATIVA – UMA LEITURA DO LIVRO A ESCOLA DE DOMINGAS SAMY

  • Majda Bojic Universidade de Zagreb

Resumo

A ideia que subjaz a este nosso trabalho surgiu como fruto do interesse da teoria e da crítica feministas pelas perspetivas das mulheres silenciadas, oprimidas e marginalizadas – interesse que abrange também o estudo da articulação discursiva da sua opressão e das estratégias de resistência feminina. É nesse âmbito reflexivo que se insere o propósito da nossa análise da obra de Domingas Samy, a partir da qual se procura fazer um estudo da articulação literária de destinos femininos, da subordinação e da resistência feminina. Pretendemos ainda destacar os aspetos de problematização textual concentrada em torno do mundo feminino, com ênfase para os mecanismos discursivos essencialistas.

Palavras-chave

A escola, Domingas Samy, resistência, representação, estereótipos, feminismo

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-06-19
Como Citar
BOJIC, Majda. INSUBMISSÃO CRIATIVA – UMA LEITURA DO LIVRO A ESCOLA DE DOMINGAS SAMY. Revista de Estudos Literários, [S.l.], v. 5, p. 291-306, jun. 2017. ISSN 2183-847X. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/rel/article/view/4299>. Acesso em: 17 ago. 2017.