ESCÁRNIO E PIEDADE EM MACHADO DE ASSIS E EÇA DE QUEIRÓS

  • Dain Borges University of Chicago

Resumo

As ficções realistas do autor brasileiro Machado de Assis interrogam temas religiosos por meio da apresentação de detalhes miúdos das cenas e conversas quotidianas. Em contraste, os primeiros romances de seu contemporâneo Eça de Queirós manifestam uma preferência pela encenação de desenlaces dramáticos climáticos em grande escala. Machado e Eça coincidiram em revelar a pouco reconhecida secularização das consciências católicas em Portugal e no Brasil.

Palavras-chave

Machado de Assis, Eça de Queirós, Brasil, Portugal, religião, anticlericalismo, Catolicismo, secularização, detalhes

  • Resumo visualizado = 16 vezes
  • PDF (English) visualizado = 14 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-12-27
Como Citar
BORGES, Dain. ESCÁRNIO E PIEDADE EM MACHADO DE ASSIS E EÇA DE QUEIRÓS. Revista de Estudos Literários, [S.l.], v. 6, p. 95-113, dez. 2017. ISSN 2183-847X. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/rel/article/view/4883>. Acesso em: 26 abr. 2018.