Impacto de um programa de enriquecimento escolar em alunos do 2.º ciclo do ensino básico com altas capacidades

  • Lúcia Miranda
  • Leandro S. Almeida Universidade do Minho
  • Marcelino Pereira Universidade de Coimbra
  • António Almeida Escola Secundária de Celorico de Basto

Resumo

Este artigo descreve a aplicação de um programa de enriquecimento, intitulado “Odisseia”, junto de alunos com altas habilidades. O programa decorreu ao longo de dois anos lectivos, tendo como paradigma teórico de referência o modelo de enriquecimento escolar proposto por Renzulli. Foi aplicado a 64 alunos seleccionados com base nas suas elevadas capacidades cognitivas e rendimento escolar (situados em torno do percentil 80), havendo 94 alunos do mesmo ano escolar que serviram de grupo de comparação. Nos testes de raciocínio os dois grupos de alunos evoluem do pré-teste para o pós-teste, havendo um aumento mais expressivo nalguns desses testes por parte dos alunos do grupo experimental embora não estatisticamente significativo. Na área da criatividade, se o grupo experimental melhorou, face ao grupo de comparação, do pré-teste para o pós-teste nos parâmetros da originalidade e da elaboração nas tarefas figurativas, tais ganhos não se estenderam às tarefas verbais. Estes valores poderão traduzir um maior impacto do programa em conteúdos menos valorizados curricularmente (figurativos versus verbais) e em dimensões da criatividade menos voltadas para a fluência e flexibilidade e mais para a originalidade.
  • Resumo visualizado = 41 vezes
  • PDF visualizado = 90 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-01-01
Como Citar
MIRANDA, Lúcia et al. Impacto de um programa de enriquecimento escolar em alunos do 2.º ciclo do ensino básico com altas capacidades. Revista Portuguesa de Pedagogia, [S.l.], p. p. 77-96, jan. 2009. ISSN 1647-8614. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/rppedagogia/article/view/1260>. Acesso em: 17 fev. 2019.
Secção
Artigos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)