Trajetórias no Desenvolvimento Profissional Docente no Ensino Superior: Fatores Condicionantes

  • Marta Mateus de Almeida Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.

Resumo

Inserindo‑se numa investigação mais ampla, onde se procurou contribuir para a compreensão do processo de desenvolvimento profissional docente dos professores do ensino superior, centrando‑se naqueles que atuam na formação de professores no subsistema de ensino superior politécnico, o texto dá conta dos resultados obtidos na etapa qualitativa do estudo. Esta etapa visou a análise das representações dos sujeitos, através da realização de entrevistas semidiretivas em profundidade. Com base nos resultados da análise de conteúdo do discurso dos sujeitos, foi possível identificar fatores endógenos e fatores exógenos, que, em algum momento das suas trajetórias profissionais, influíram, favorável ou desfavoravelmente, nos processos de aprendizagem e desenvolvimento profissional. Se os fatores endógenos são preferencialmente referidos enquanto fatores potenciadores do desenvolvimento profissional, já os fatores exógenos destacam‑se enquanto fatores inibidores. É ainda de salientar o papel da formação pedagógica, reconhecida pelos entrevistados enquanto mecanismo impulsionador do desenvolvimento profissional docente.
  • Resumo visualizado = 113 vezes
  • PDF visualizado = 180 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-07-09
Como Citar
ALMEIDA, Marta Mateus de. Trajetórias no Desenvolvimento Profissional Docente no Ensino Superior: Fatores Condicionantes. Revista Portuguesa de Pedagogia, [S.l.], p. pp. 61-85, jul. 2015. ISSN 1647-8614. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/rppedagogia/article/view/2322>. Acesso em: 17 fev. 2019.
Secção
Artigos

Palavras-chave

desenvolvimento profissional; formador de professores; docência no ensino superior