Arenização, areais e políticas de ordenamento territorial

Resumo

O artigo tem como objetivo relatar de forma sintética os estudos relativos ao entendimento da gênese dos areais e do processo de arenização no SW do Rio Grande do Sul /BR. Mais especificamente, explicita a gênese dos areais e do processo de arenização e os processos que lhes dão origem. Apresenta as causas naturais, e da mesma forma a expansão deste processo, em decorrência da expansão da cultura da soja partir dos anos 1960. Na continuidade é exposto a apropriação dessas áreas frágeis, fundadas numa mudança de matriz econômica em transformação vinculada a implantação de políticas de estado visando a expansão da silvicultura. Apresenta os conflitos sociais e ambientais advindos dessas políticas e visualiza a necessidade de continuidade de investigação sobre os desdobramentos destas políticas no estado do Rio Grande do Sul –BR.

Palavras-chave

arenização, areais, políticas públicas, sudoeste do Rio Grande do Sul

  • Resumo visualizado = 43 vezes
  • PDF visualizado = 27 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-01-04
Como Citar
SUERTEGARAY, Dirce Maria; OLIVEIRA, Mateus Gleiser. Arenização, areais e políticas de ordenamento territorial. Cadernos de Geografia, [S.l.], n. 38, p. pp. 69-76, jan. 2019. ISSN 2183-4016. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/cadernosgeografia/article/view/5641>. Acesso em: 18 mar. 2019.
Secção
Artigos