Baixa produtividade: Afetação de recursos e obstáculos ao crescimento das empresas na economia portuguesa

  • Bruno T. Rocha Católica Porto Business School

Resumo

Existe em diversos setores da economia portuguesa uma concentração elevada de recursos em microempresas, sendo que as mesmas apresentam, em média, níveis de produtividade baixos. Tal afetação de recursos reflete‑se negativamente na produtividade agregada da economia. Este artigo começa por apresentar alguns dados que ilustram esta realidade, alicerçando‑se na literatura económica para, seguidamente, discutir fatores que podem desincentivar
o crescimento das empresas e, deste modo, dificultar a absorção de recursos por parte das empresas relativamente mais produtivas. Destacam‑se entre estes a existência de regras e políticas públicas aplicáveis apenas a empresas abaixo de determinados patamares de dimensão, o funcionamento do sistema de justiça e o reduzido nível de formação dos gestores.

Palavras-chave

Portuguese economy, micro-firms, allocation of resources, productivity, structural policies

  • Resumo visualizado = 32 vezes
  • PDF visualizado = 24 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-17
Como Citar
ROCHA, Bruno T.. Baixa produtividade: Afetação de recursos e obstáculos ao crescimento das empresas na economia portuguesa. Notas Económicas, [S.l.], n. 47, p. 31-45, dez. 2018. ISSN 2183-203X. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/notaseconomicas/article/view/6065>. Acesso em: 20 mar. 2019.
Secção
Artigos