A. Duarte Gomes & Revista Psychologica: Construindo a Psicologia do Trabalho, das Organizações e dos Recursos Humanos em Portugal

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar o conjunto de contribuições de A. Duarte Gomes para a revista Psychologica. Especificamente, os seus co-autores, o impacto das suas publicações noutros investigadores e os tópicos que têm sido alvo do seu interesse. A pesquisa resultou num total de 17 artigos, publicados entre 1991 e 2016, assinados por ele e em co-autoria. Nesta revista, A. Duarte Gomes atinge os mais altos níveis de visibilidade em 2005, com um total de cinco artigos de vários tipos. O maior número de publicações em co-autoria na Psychologica foi com Leonor Pais e Teresa Rebelo, com cinco colaborações, e com Carla Carvalho, com quatro. Centrando-nos nos tópicos abordados nos diferentes artigos, observa-se que os interesses de investigação de A. Duarte Gomes se centraram no nível organizacional de análise, sendo o tema mais relevante o da cultura organizacional. O número total de citações recebidas pelos artigos analisados ​​é 123, o que significa 7,2 citações por artigo. Quatro dos artigos foram citados em cinco artigos publicados em revistas JCR/SJR. Os resultados permitiram verificar empiricamente o papel de A. Duarte Gomes na construção da Psicologia do trabalho, das Organizações e dos recursos humanos em Portugal.

Palavras-chave

Psychologica; Psicologia do Trabalho e Organizacional; citações; co-autores

  • Resumo visualizado = 14 vezes
  • PDF (English) visualizado = 16 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Borba, D., Gomes, A. D., & Figueiredo, C. (2008). Comprometimento organizacional, envolvimento na tarefa e participação: Relações, diferenças e implicações. Psychologica, 47, 183-200.

Brito, E., Cardoso, L., & Gomes, A. D. (2005). Gestão do conhecimento: adaptação e validação da escala GC para o sector autárquico. Psychologica, 38, 9-22.

Cardoso, L., Gomes, A. D., & Rebelo, T. (2005). Para uma conceptualização e operacionalização da gestão do conhecimento. Psychologica, 38, 23-44.

Carvalho, C., & Gomes, A. D. (2000). Eficácia Organizacional: determinantes e dimensões. Psychologica, 25, 179-202.

Carvalho, C., & Gomes, A. D. (2008). Saliência de stakeholders: Construção e validação da escala de gestão de stakeholders. Psychologica, 47, 201-218.

Carvalho, C., Gomes, A. D., & Lourenço, P. R. (2005). Análise discursiva da gestão de skateholders: emergência e implicações dos discursos dos gestores no comportamento organizacional. Psychologica, 38, 45-63.

Denison, D., Nieminen, L., & Kotrba, L. (2014). Diagnosing organizational cultures: A conceptual and empirical review of culture effectiveness surveys. European Journal of Work and Organizational Psychology, 23(1), 145-161. doi: 10.1080/1359432X.2012.713173

Gomes, A. D. (1991). Cultura organizacional: estratégias de integração e de diferenciação. Psychologica, 6, 33-51.

Gomes, A. D. (1993). Gestão de impressões, gestão de organizações. Psychologica, 10, 5-28.

Gomes, A. D., & Antunes, T. (2011). Rigor e Relevância: que papel num modelo de referência para a Psicologia das Organizações, do Trabalho e dos Recursos Humanos? Psychologica, 55, 9-24.

Gomes, A. D., Cardoso, L., & Carvalho, C. (2000). Discurso de Liderança: o que faz sentido faz-se. Psychologica, 23, 7-36.

Lourenço, P. R., & Gomes, A. D. (2003). Da pluralidade à bidimensionalidade da eficácia dos grupos/equipas de trabalho. Psychologica, 33, 7-32.

Lourenço, P. R., Miguez, J., Gomes, A. D., & Carvalho, C. (2004). Eficácia grupal: análise e discussão de um modelo multidimensional. Psychologica, Extra-Série, 611-621.

Lousã, E. P., & Gomes, A. D. (2016). Avaliação da cultura organizacional: Adaptação e validação da versão portuguesa do Denison Organizational Culture Survey. Psychologica, 59, 101-119. doi: 10.14195/1647-8606_59_2_6

Mira, M. R., & Gomes, A. D. (2005). Investigação–acção e desenvolvimento organizacional: uma estratégia de intervenção num projecto de mudança. Psychologica, 38, 155-167.

Rebelo, T., Gomes, A. D., & Cardoso, L. (2001). Aprendizagem organizacional e cultura: relações e implicações. Psychologica, 27, 69-89.

Rebelo, T., Gomes, A. D., & Cardoso, L. (2002). Orientações culturais para a aprendizagem nas organizações: homogeneidade e/ou heterogeneidade. Psychologica, 30, 345-363.

Rebelo, T., Gomes, A. D., & Cardoso, L. (2005). Cultura de aprendizagem: A (bi) dimensionalidade da escala OCA. Psychologica, 38, 191-208.

Reigle, R. F. (2001). Measuring organic and mechanistic cultures. Engineering Management Journal, 13(4), 3-8.
Publicado
2019-07-31
Como Citar
ROMEO, Marina et al. A. Duarte Gomes & Revista Psychologica: Construindo a Psicologia do Trabalho, das Organizações e dos Recursos Humanos em Portugal. Psychologica, [S.l.], v. 62, n. 1, p. 273-293, jul. 2019. ISSN 1647-8606. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/6880>. Acesso em: 21 set. 2019.
Secção
Varia