Assessment of the intake of tryptophan-enriched cereals in the elderly and its influence on the sleep-wake circadian rhythm

  • Rafael Bravo Chrononutrition Laboratory, Department of Physiology, Faculty of Science, University of Extremadura, Spain
  • Sergio Matito “La Paz” Healthy Center
  • Javier Cubero Health Education Lab. Experimental Science Education Area, Faculty of Education, University of Exremadura, Spain
  • Lourdes Franco Chrononutrition Laboratory, Department of Physiology, Faculty of Science, University of Extremadura, Spain
  • Cristina Sánchez Chrononutrition Laboratory, Department of Physiology, Faculty of Science, University of Extremadura, Spain
  • Ana B. Rodríguez Chrononutrition Laboratory, Department of Physiology, Faculty of Science, University of Extremadura, Spain
  • Montserrat Rivero General Scientific Manager, Grupo Ordesa S.L. Barcelona, Spain
  • Carmen Barriga Chrononutrition Laboratory, Department of Physiology, Faculty of Science, University of Extremadura, Spain

Resumo

Perturbações do ritmo de sono circadiano são um problema comum associado com o envelhecimento. Apesar deste poder ser causado por vários fatores, baixos níveis de melatonina indol estão relacionados com estas alterações. O nosso objetivo foi avaliar se a ingestão de cereais enriquecidos com triptofano, o percursor de serotonina e melatonina, pode melhorar os problemas de sono de pessoas de idade. Os participantes (n=12; com idades entre os 55 e 67 anos) foram selecionados da Universidade Sénior da Universidade da Extremadura. Durante todos os testes os participantes utilizaram um actómetro de pulso e preencheram semanalmente um teste de ansiedade (STAI). Os dados foram recolhidos com o seguinte horário: semana de controlo, os participantes ingeriram um cereal de controlo ao pequenoalmoço e ao jantar (22,5mg de triptofano/ 30g de produto por dose); semana de tratamento, os voluntários consumiram um cereal enriquecido com triptofano ao pequeno-almoço e ao jantar (60mg de triptofano/ 30g de produto por dose); semana pós-tratamento, os participantes ingeriram a sua habitual dieta. Observámos um decréscimo na latência do sono (p<0,01), ataques de vigília (p>0,05) e fragmentação do sono (p<0,001); por outro lado, foram detetados um aumento no tempo do sono (p<0,01), eficiência do sono (p<0,01) e tempo imóvel (p<0,01). Em relação ao teste de ansiedade, houve uma melhoria no estado de ansiedade. Em conclusão, problemas de sono relacionados com a idade podem ser melhorados através de uma dieta rica em triptofano.
  • Resumo visualizado = 181 vezes
  • PDF visualizado = 191 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-06-06
Como Citar
BRAVO, Rafael et al. Assessment of the intake of tryptophan-enriched cereals in the elderly and its influence on the sleep-wake circadian rhythm. Antropologia Portuguesa, [S.l.], v. 29, p. 113-120, jun. 2012. ISSN 2182-7982. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/antropologiaportuguesa/article/view/1881>. Acesso em: 18 ago. 2019.
Secção
Artigos

Palavras-chave

Crononutrição; triptofano; sono; idosos.