Repensando o feminismo e a política democrática: o potencial das redes online para a mudança social e igualdade de género no Brasil

  • Carolina Matos Professora do Departamento de Sociologia da City, University of London

Resumo

Este artigo fornece um resumo crítico das perspetivas teóricas feministas sobre o potencial das comunicações online para os direitos das mulheres, esboçando um breve estudo de caso do feminismo brasileiro contemporâneo e a mobilização em torno dos direitos das mulheres, particularmente no ano de 2015. Isso é feito através da discussão das práticas discursivas online de sites como o Blogueiras Feministas e a ONG Think Olga, parte de um projeto mais amplo (Matos, 2017). As questões colocadas incluem as de saber como os media podem melhor contribuir para ajudar no desenvolvimento do género e como as plataformas online podem fazer a diferença. Argumento que, apesar das restrições e retrocessos, as sementes de uma influência transformadora mais ampla no mundo offline estão sendo lentamente plantadas em uma blogosfera altamente fragmentada, heterogénea e errática.

Palavras-chave

ciberfeminismo, igualdade de género, feminismo do Terceiro Mundo, Brasil

  • Resumo visualizado = 53 vezes
  • PDF visualizado = 18 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-28
Como Citar
MATOS, Carolina. Repensando o feminismo e a política democrática: o potencial das redes online para a mudança social e igualdade de género no Brasil. Mediapolis – Revista de Comunicação, Jornalismo e Espaço Público, [S.l.], n. 7, p. 17-30, dez. 2018. ISSN 2183-6019. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/mediapolis/article/view/6105>. Acesso em: 23 mar. 2019.