Morphological knowledge and learning new words

  • Terezinha Nunes University of Oxford
  • Peter Bryant University of Oxford
  • Deborah Evans University of Oxford
Palavras-chave: Conhecimento morfológico, morfemas, aprendizagem de vocabulário pelas crianças

Resumo

Partindo do princípio que o vocabulário das crianças é fundamental para a comunicação e a compreensão de textos escritos e para o sucesso escolar como um todo, este trabalho visa estudar um dos factores cognitivos que podem influenciar a aprendizagem de vocabulário pelas crianças – concretamente, a consciência morfológica. Os autores crêem que este conhecimento pode ser crucial para o desenvolvimento de métodos de promoção do desenvolvimento do vocabulário das crianças. O estudo que aqui se reporta demonstra que a consciência morfológica contribui para a capacidade de memorização de histórias e estímulos escritos, muito para além do papel que pode atribuir-se, nessa capacidade, às competências fonológicas dos indivíduos. A investigação conclui pela mais valia do desenvolvimento de competências morfológicas das crianças, mais ainda que as análogas competências em ortografia, como forma de promoção do alargamento do seu vocabulário.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-01-01
Como Citar
Nunes, T., Bryant, P., & Evans, D. (2010). Morphological knowledge and learning new words. Psychologica, (30 anos), p. 67-74. Obtido de https://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/1142
Edição
Secção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)