Reabilitação Psicossocial de Pessoas com Esquizofrenia: Estudo de Caso

  • Carina Teixeira Universidade de Coimbra
  • Eduardo Santos Universidade de Coimbra
  • Manuel Viegas Abreu Universidade de Coimbra
  • Patrícia Gonçalves Associação de Reabilitação Social e Desinstitucionalização de Doentes Psiquiátricos

Resumo

A mudança de paradigma na área da psiquiatria que tem vindo a ocorrer nos últimos anos com o processo de desinstitucionalização pressupõe o desenvolvimento de respostas de integração comunitária. Estudos realizados noutros países demonstram melhores resultados para programas de reabilitação psicossocial do que internamento em hospital psiquiátrico, embora, em Portugal, os serviços não se coadunem com o estado da arte nesta matéria. Neste sentido, este trabalho tem como principal objectivo conhecer e analisar uma experiência, que pelas suas características é única, de reabilitação psicossocial, na área da doença mental, da região centro do país. Esta investigação constitui um estudo de caso, em que a unidade de análise é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, a Associação de Reabilitação Social e Desinstitucionalização de Doentes Psiquiátricos (ARSDOP), na qual se pretendeu conhecer o seu modelo de funcionamento global e, mais especificamente, os modelos de reabilitação profissional e residencial nela desenvolvidos.
  • Resumo visualizado = 530 vezes
  • PDF visualizado = 437 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-01-01
Como Citar
TEIXEIRA, Carina et al. Reabilitação Psicossocial de Pessoas com Esquizofrenia: Estudo de Caso. Psychologica, [S.l.], n. 50, p. p. 97-139, jan. 2009. ISSN 1647-8606. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/972>. Acesso em: 20 maio 2019.
Secção
Artigos

Palavras-chave

Reabilitação; Esquizofrenia; Emprego