Submissões

Acesso ou Registar-se para submeter um artigo.

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Os textos apresentados para publicação no BAUC devem ser originais e possuir o necessário rigor científico e adotar as regras e os princípios fundamentais da ética na investigação.
  • O título do artigo deve ser alinhado à direita, em tamanho 14, destacado a negrito e, dois parágrafos a seguir à sua presença, no texto, deve ser apresentada a sua versão em inglês, mantendo-se o mesmo estilo.
  • O(s) nome(s) do(s) autor(es) e/ou autor(as) deve(m) figurar na linha imediatamente a seguir ao título, alinhado(s) à direita, em maiúsculas, tamanho 12, seguido(s) da(s) filiação(ções) institucional(is), do(s) endereço(s) de correio eletrónico institucional(is) ou pessoal(is) e do(s) número(s) de registo no ORCID.
  • O resumo é um sumário conciso, entre 150 e 250 palavras, dos pontos centrais do artigo (enquadramento, objetivos, metodologia, principais resultados e conclusões). Deve ser apresentado em letra Times New Roman, tamanho 10, com espaçamento simples e alinhamento justificado. Deve, ainda, incluir entre três e cinco palavras-chave, em letras minúsculas e separadas por vírgulas.
  • Todo o texto do corpo do artigo deve ser formatado em tamanho A4 e apresentado em letra Times New Roman, tamanho 12, a espaço e meio de entrelinha e alinhamento justificado.
  • Os títulos das diversas secções do artigo devem seguir o mesmo estilo adotado no corpo de texto. Todas as secções devem ser numeradas, progressivamente. O estilo APA 7 fornece indicações, quer para o destaque, quer para a numeração das diferentes secções e subsecções dos artigos.
  • As notas de rodapé devem ser apresentadas em letra Times New Roman, corpo 10, com espaço simples de entrelinha e texto justificado, devendo restringir-se ao essencial.
  • Todos os textos submetidos devem apresentar, numa secção final, as referências bibliográficas, que deverão incluir, por ordem alfabética, as obras explicitamente citadas no artigo.
  • As citações diretas com até 40 palavras devem ser inseridas no próprio texto, entre aspas, com a indicação da página ou intervalo das páginas.
    As citações diretas com mais de 40 palavras devem ser destacadas do texto em parágrafo próprio, com avanço da margem esquerda (1,27 cm) para todas as linhas e com espaçamento duplo entre linhas, com a indicação da página ou intervalo das páginas.
    Quando forem transcritos dois ou mais parágrafos, a primeira linha do segundo parágrafo e seguintes deverá preservar o mesmo avanço de 1,27 cm. Nessa classe de citações, por favor, não utilize espaços antes ou depois do texto citado.

    Nota: As citações podem ainda assumir a forma indireta ou citação de citação, devendo o seu uso restringir-se ao mínimo necessário. Exemplo de uma citação de citação apresentada de forma parentética: (Caeiro, 1961, como citado em Amaral, 2006).
  • Regra geral, todas as referências e citações bibliográficas incluídas no corpo de texto e nas notas de pé de página seguem o estilo APA 7. Por favor, siga os exemplos disponíveis nas "Instruções para autores", o que não dispensa, naturalmente, a consulta da própria norma.
  • Particularmente, no que respeita à citação e referenciação das fontes primárias consultadas, os autores e autoras deverão integrar todos os elementos necessários a uma rigorosa identificação dos documentos citados.
    Sendo necessária alguma adaptação ao estilo em vigor, na referenciação de fontes dessa natureza, deve adotar-se o seguinte exemplo:
    Instituto dos Arquivos Nacionais/Torre do Tombo [Lisboa]. (1699). Tribunal do Santo Ofício, Conselho Geral, liv. 122, fl. 3.

    Nota importante: no exemplo anterior, é de notar que o título principal do documento deve vir destacado em itálico.
  • Todos os quadros, tabelas e figuras presentes no artigo devem ser apresentados conforme o Estilo APA 7, sendo precedidos de uma chamada no corpo de texto. Devem, ainda, estar visíveis e restringir-se ao mínimo necessário.

Instruções para Autores

1. Informações gerais

O BAUC aceita artigos originais e de revisão e recensões, publicados em português, espanhol, francês e inglês.

Os textos a submeter devem  ser inéditos e possuir rigor científico, não se aceitando aqueles que possuam um cariz de divulgação ou que tenham sido submetidos à análise em outra revista ou veículo de publicação científica em simultâneo.

2. Estrutura, extensão e formatação dos textos

Os artigos devem:

  • apresentar um título conciso, em português, inglês e no idioma do artigo, se diferente do português, devendo o mesmo expressar o conteúdo geral abordado e obedecer às normas de formatação em vigor no BAUC;
  • incluir os elementos de identificação de cada um dos/as autores/as (nome completo, instituição/filiação, endereço de correio eletrónico e registo no ORCID).
  • incluir um resumo/abstract,  com um mínimo de 150 e máximo de 250 palavras, bem como a indicação de entre três e cinco palavras-chave, também em português e inglês e no idioma do artigo, se este diferir do português. O estilo do resumo/abstract deve obedecer às regras em vigor no BAUC;
  • possuir, regra geral, uma extensão máxima de 25 páginas de texto (entre a introdução e a conlusão) e obedecer à estrutura e ao formato indicados pelo BAUC em secção própria;
  • ser submetidos, nesta plataforma, num ficheiro em Word, na extensão [.docx] ou compatível.

As recensões críticas devem conter um máximo de 3000 palavras, um título e uma identificação completa da obra analisada. Para o efeito, deve ser usada a Norma APA 7.

3. Processo de arbitragem científica

Todos os artigos submetidos ao BAUC serão sujeitos a um processo de arbitragem científica duplo cego, sendo a revisão confiada a revisores/as externos/as. De modo a facilitar o processo de arbitragem, os/as autores/as não devem incluir qualquer identificação nos textos submetidos para a avaliação do BAUC. Os elementos de identificação devem ser introduzidos nos campos reservados aos metadados, na plataforma OJS e na versão final do artigo, após a sua aceitação para publicação.

Em caso de necessidade, poderá ser auscultado/a um/a terceiro/a revisor/a.

Em face dos pareceres recebidos a equipa editorial do BAUC poderá determinar que os/as autores/as adotem as sugestões e/ou recomendações recebidas. No limite, poderá declinar a aceitação do texto, comunicando esta decisão ao autor/a.

4. Estilo, citações e referências bibliográficas

4.1 Regra geral

Todos os artigos devem incluir uma lista com as referências bibliográficas, devendo esta apresentar, por ordem alfabética, as obras explicitamente referidas no texto ou em notas. Para o efeito, o BAUC segue o Estilo APA, realizando as adaptações tipográficas necessárias, da responsabilidade exclusiva da sua equipa editorial. 

Na citação e referenciação de obras consultadas, antes de submeter à revista, os/as autores/as devem confirmar se os seus textos estão conforme o Estilo APA, disponível com exemplos em: https://apastyle.apa.org/.

Em concordância com o estilo APA, o BAUC reserva-se o direito de introduzir as alterações necessárias nas referências que compõem os textos submetidos para publicação.

4.2 Citações

As citações efetuadas no texto podem assumir dois formatos:

  • Entre parêntesis:

(Silva, 2017, p. 241)

(Silva, 2017; Duranti & Franks, 2015; Kern et al., 2015)

(Duranti, 1989a, 1989b)

  • Em narrativa:

De acordo com Silva (2017, p. 241), para os defensores da custódia “a corrente pós-moderna propôs o abandono e a rejeição da custódia a ser exercida por uma instituição arquivística centralizada como condições para enfrentar os desafios dos documentos contemporâneos”.

Em 2017, Silva observou que para os defensores da custódia “a corrente pós-moderna propôs o abandono e a rejeição da custódia a ser exercida por uma instituição arquivística centralizada como condições para enfrentar os desafios dos documentos contemporâneos” (p. 241).

As citações com até 40 palavras devem ser inseridas no próprio texto, entre aspas, com a indicação da página ou intervalo das páginas onde as mesmas podem ser localizadas.

As citações com mais de 40 palavras devem ser destacadas do texto em parágrafo próprio, com avanço da margem esquerda para todas as linhas em 1,27 cm e com espaçamento duplo entre linhas, com a indicação da página ou intervalo das páginas. Por favor, não utilize linhas em branco ou espaçamentos antes, ou após o texto das citações destacadas. Quando são transcritos dois ou mais parágrafos, a primeira linha do segundo parágrafo e seguintes têm um avanço de 1,27 cm.

As citações podem ainda assumir a forma indireta ou citação de citação, devendo restringir-se o seu uso ao extremamente necessário. 

Exemplo: (Silva, 2017, como citado em Vieira, 2022).

Se se tratar de obras de dois autores/as, deverão ser indicados os apelidos de ambos, separados por & (ex: Duranti & Franks, 2015, p. 90).

No caso de diversos autores/as, ao apelido do primeiro autor/a deve seguir-se a expressão et al. (ex: Kern et al., 2015, p. 44).

No caso de autor com mais do que uma obra referida na bibliografia e publicada no mesmo ano, deve acrescentar-se ao ano de publicação uma letra correspondente à ordenação alfabética da bibliografia (ex: Duranti, 1989a, p. 3).

4.3 Referências

As referências bibliográficas a figurar no final dos textos dos artigos ou das recensões deverão iniciar pelo apelido do primeiro autor/a e seguir o alinhamento do parágrafo à esquerda, no que respeita à primeira linha de cada referência. A segunda linha e as seguintes, numa mesma referência, devem iniciar com um recuo de 1,27 cm.

Para a elaboração das referências bibliográficas devem ser seguidas as seguintes matrizes e exemplos, o que não dispensa, naturalmente, a consulta da norma APA 7:

4.3.1 Livros

a) Impressos

Apelido, Inicial do nome. (Ano). Título do livro. (número da edição). Editor.

Bardin, L. (2016). Análise de conteúdo. (5ª ed.). Edições 70.

b) Eletrónicos

Apelido, Inicial do nome. (Ano). Título do livro. (número da edição). Editor. https://doi.org/xxxx (preferencial) ou https://xxxx

Brenneke, A. (1967). Archivistica: contributo alla teoria ed alla storia archivistica euro­pea. (1ª ed.). Fondazione Italiana per la Storia Amministrativa. https://ia-petabox.archive.org/details/BiblioFBK-FISA-M-06

4.3.2 Capítulos de livros

a) Impressos

Apelido, Inicial do nome do autor do capítulo. (Ano). Título do capítulo do livro. In Inicial do Nome. Apedido do editor literário do livro (Ed. ou Eds.), Título do livro (pp. xx-xx). Editor comercial.

Cunningham, A. (2015). Postcustodialism. In L. Duranti, & P. C. Franks (Eds.), Encyclopedia of Archival Science (pp. 274-278). Rowman & Littlefield.

b) Eletrónicos

Apelido, Inicial do nome do autor do capítulo. (Ano). Título do capítulo do livro. In Inicial do Nome. Apedido do editor literário do livro (Ed. ou Eds.),
Título do livro (pp. xx-xx). Editor comercial. https://doi.org/xxxx ou
https://xxxx

Furner, J. (2014). Information Without Information Studies. In F. Ibekwe-SanJuan & T. M.  Dousa  (Eds.),  Theories  of  Information,  Communication  and  Knowledge:  A  Multidisciplinary  Approach  (pp.  143-179).  Springer Netherlands.  https://doi.org/10.1007/978-94-007-6973-1_7

4.3.3 Publicações periódicas

a) Impressas

Apelido, Inicial do nome. (Ano). Título do artigo. Título da revista, volume(número), páginas xx-xx.

Campos, F. (2014). A Investigação e as Redes: a impossível separação. Diálogos En Red: Nuestra América, 1(1), 107-120.

b) Eletrónicas

Apelido, Inicial do nome. (Ano). Título do artigo. Título da revista, volume(número), páginas xx-xx. https://doi.org/xxxx (preferencial) ou https://xxxx

Pinto, S. M. G. (2016). “Veer e midir”. O licenciamento de obras particulares em Lisboa no período moderno. Cuardernos de Historia del Derecho, 23, 259-283. https://doi.org/10.5209/rev_CUHD.2016.v23.53065

4.3.4 Dissertações e teses

a) Impressas

Apelido, Inicial do nome do autor. (Ano). Título da dissertação de mestrado ou tese de doutoramento [Dissertação de Mestrado ou Tese de Doutoramento não publicada]. Nome da Instituição que concedeu o grau. 

Lacerda, A. (2008). A fotografia nos arquivos: a produção de documentos fotográficos da Fundação Rockefeller durante o combate à Febre Amarela no Brasil [Tese de Doutoramento não publicada]. Universidade de São Paulo. 

b) Eletrónicas

Apelido, Inicial do nome do autor. (Ano). Título da dissertação de mestrado ou tese de doutoramento [Dissertação de Mestrado ou Tese de Doutoramento, Nome da Instituição]. Nome da base de dados ou repositório. http://xxx

Pinto, S. M. G. (2012). As Interações no Sistema das Operações Urbanísticas nos Espaços Urbanos      Portugueses até Meados de Oitocentos [Tese de Doutoramento, Universidade de Coimbra]. Estudo Geral: Repositório Científico da UC. http://hdl.handle.net/10316/20466

4.3.5 Comunicações, sessões, poster em conferências

a) Impressas

Apelido, Inicial do nome do autor. (Ano, mês data). Título da comunicação [Conferência ou Comunicação]. Nome da conferência, Local.

Jardim, J. M. (2018, novembro 11). Políticas e governança arquivísticas: arquivos perma­nentes do Poder Executivo Federal brasileiro [Comunicação]. Seminário Hispano- Brasileiro de Pesquisa em Informação, Documentação e Sociedade, VII, Madrid, 2018 – Seminários e Conferências Documentação: actas, Madrid.

b) Eletrónicas

Apelido, Inicial do nome do autor. (Ano, mês data). Título da comunicação [Conferência ou Comunicação]. Nome da conferência, Local. https://doi.org/xxxx ou https://xxxx.

Vale, C., & Abrantes, V. (2010). Os processos de licenças de obra na cidade do Porto. Caracterização construtiva do património edificado entre 1911 e 1940, no Eixo da Boavista [Comunicação]. Reabilitar 2010 – Encontro Nacional Conservação e Restauro de Estruturas, Lisboa. https://sigarra.up.pt/faup/pt/pub_geral.show_file?pi_ doc_id=3026

4.3.6 Legislação

Para a sua boa identificação, a legislação a referenciar deve apresentar, minimamente, os seguintes elementos:

Título da legislação. (Ano). Publicação. https://xxxx

Decreto-Lei n.º 28187 do Ministério das Finanças; Direção-Geral da Fazenda Pública. (1937). Diário do Governo: I série, n.º 268, pp. 1217-1219. https://dre.tretas.org/ dre/274693/decreto-lei-28187-de-17-de-novembro

4.3.7 Sítios da Internet

Para a sua boa referenciação, os sítios da Internet devem apresentar, minimamnete, os seguintes elementos:

Autor. (data). Título. https://xxxx

National Archives of Australia. (2015). Distributed custody policy. https://www.naa.gov.au/about-us/our-organisation/accountability-and-reporting/archival-policy-and-planning/distributed-custody-policy

Américo, E. T. (2019). Huellas fotográficas. Bibliofoto: repertório bibliográfico latino­-americano sobre documentos fotográficos em arquivos: estudos e procedimentos. https://bibliofotogpaf.blogspot.com/p/argentina.html

4.3.8 Fontes de arquivo ou outras fontes primárias

As fontes primárias, regra geral, devem apresentar os seguintes elementos para uma referenciação inequívoca:

Autor. (data). Título. Fonte. 

Instituto dos Arquivos Nacionais/Torre do Tombo [Lisboa]. (1699). Tribunal do Santo Ofício, Conselho Geral, liv. 122, fl. 3.

Para outros exemplos, consultar o seguinte enlace: https://apastyle.apa.org/style-grammar-guidelines/references/archival 

Instrumentos de Pesquisa Arquivística

Estudos

Recensões críticas

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.