MATLIT: Materialidades da Literatura é uma revista em linha, arbitrada por pares e em acesso aberto, publicada pela Imprensa da Universidade de Coimbra e pelo Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra. A revista aborda as mediações tecnológicas e materiais das práticas literárias, focando em particular a tipograficalidade, a digitalidade, a auralidade e a intermedialidade. O seu campo de investigação vai dos estudos literários aos estudos comparados dos média e às humanidades digitais. MATLIT usa como línguas de trabalho o português, o inglês e o espanhol. Adotando uma perspetiva interdisciplinar e transmedial, a revista organiza-se em números temáticos. Para cada número é produzida uma Call for Papers.

Fundada em 2013 por Manuel Portela e Osvaldo Manuel Silvestre, a revista MATLIT oferece acesso aberto integral a todos os números. A revista não cobra quaisquer custos pelo processamento dos artigos. Os autores que publicam nesta revista concordam com os princípios seguintes: (1) os autores mantêm a posse do copyright e concedem à revista o direito de fazer a primeira publicação do seu trabalho nos termos de uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0), que permite a terceiros partilharem o trabalho com a condição de atribuição de autoria e de referência à publicação inicial na revista; (2) os autores podem fazer contratos adicionais para a distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada pela revista (por exemplo, publicá-la num repositório institucional ou num livro), com a condição de referirem a publicação inicial nesta revista.

O sistema LOCKSS (Lots of Copies Keep Stuff Safe) para assegurar arquivamento seguro e permanente do cache da revista é suportado pelo OJS. MATLIT é indexada e arquivada pela Biblioteca Digital da Universidade de Coimbra (UC Digitalis) e encontra-se também disponível aqui: https://digitalis.uc.pt/matlit