Publicidade e gênero no Brasil: experiência e formação de públicos nas redes sociais digitais

Resumo

A proposta do artigo é discutir a interação entre publicidade e sujeito/as sociais nas redes on‑line. Para isso analisa‑se dois casos brasileiros da cervejaria Skol. Um ocorrido no carnaval de 2015 e o outro no Dia Internacional das Mulheres de 2017. Ambos selecionados por terem acionado temáticas de gênero. A perspectiva teórica que nos alicerça é o pragmatismo de John Dewey e uma abordagem relacional da comunicação. Partimos da hipótese de que há uma relação potente entre publicidade, experiência e formação de públicos. Reveladora de temáticas e valores que tangenciam nossa sociedade contemporânea.

Palavras-chave

publicidade, gênero, redes sociais on‑line, experiência, públicos

  • Resumo visualizado = 23 vezes
  • PDF visualizado = 10 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-28
Como Citar
LINS, Letícia Alves. Publicidade e gênero no Brasil: experiência e formação de públicos nas redes sociais digitais. Mediapolis – Revista de Comunicação, Jornalismo e Espaço Público, [S.l.], n. 7, p. 185-198, dez. 2018. ISSN 2183-6019. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/mediapolis/article/view/6116>. Acesso em: 23 mar. 2019.