Competências no Trabalho: “Estado da Arte” da Produção Científica Portuguesa e Estrangeira

  • Aleksandra Pereira dos Santos Universidade de Brasília
  • Jairo Eduardo Borges-Andrade Universidade de Brasília,

Resumo

Esse estudo teve como objetivo realizar uma análise das principais características da publicação científica – estrangeira e portuguesa – sobre o tema competências no trabalho. Para tanto, buscou-se relatos de pesquisa empírica, em periódicos portugueses e em bases de pesquisa estrangeiras. Para se caracterizar tal produção serão discutidos os seguintes aspectos: abordagens teóricas, objetivos, natureza das pesquisas, delineamentos utilizados, instrumentos e procedimentos de análise dos dados, dentre outros. Constatou-se que, em sua maioria, as pesquisas portuguesas e estrangeiras: a) descrevem competências relevantes a determinada funções; b) possuem como desenho de investigação survey; c) apresentam pluralidade metodológica no que se refere à coleta e análise de dados; d) são realizadas, prioritariamente, no setor terciário da economia; e e) apresentam desenho transversal. Apesar da publicação disseminada por periódicos portugueses sobre o tema ser recente e muito escassa, algumas de suas características já podem ser destacadas: a utilização de múltiplas fontes de avaliação, a investigação de variáveis antecedentes e consequentes da expressão de competências no trabalho e da relação entre competências e desempenho. Foram ainda encontradas diferenças quanto à abordagem teórica utilizada pelas pesquisas estrangeiras e portuguesas.
  • Resumo visualizado = 56 vezes
  • PDF visualizado = 62 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-07-01
Como Citar
SANTOS, Aleksandra Pereira dos; BORGES-ANDRADE, Jairo Eduardo. Competências no Trabalho: “Estado da Arte” da Produção Científica Portuguesa e Estrangeira. Psychologica, [S.l.], n. 55, p. p. 39-59, jul. 2011. ISSN 1647-8606. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/1120>. Acesso em: 26 maio 2019.
Secção
Artigos

Palavras-chave

Competências no trabalho; produção portuguesa; produção estrangeira