Procedural Justice Rules in Teachers’ Moral Dilemmas at Work

  • Ana Vargas Santos Universidade de Coimbra
  • Joaquim Pires Valentim Universidade de Coimbra

Resumo

O presente estudo pretende contribuir para a compreensão da moralidade em contextos profissionais, ao investigar a sua relação com as percepções de justiça. 69 professores do ensino básico e secundário preencheram um questionário contendo perguntas abertas. A análise de conteúdo mostrou que a maioria dos participantes (75%) mencionou espontaneamente regras de justiça procedimental (Leventhal, 1980), sendo a regra de ética a mais frequentemente referida. Os dilemas mais referidos envolviam a reacção a transgressões (Wark & Krebs, 1996). Estes resultados são discutidos considerando a necessidade de organizações socialmente responsáveis e orientadas por princípios éticos reconhecerem as experiências morais e as percepções de justiça dos seus trabalhadores.
  • Resumo visualizado = 28 vezes
  • PDF visualizado = 54 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-07-01
Como Citar
SANTOS, Ana Vargas; VALENTIM, Joaquim Pires. Procedural Justice Rules in Teachers’ Moral Dilemmas at Work. Psychologica, [S.l.], n. 55, p. p. 315-331, jul. 2011. ISSN 1647-8606. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/1133>. Acesso em: 18 ago. 2019.
Secção
Artigos

Palavras-chave

Dilemas morais; regras de justiça procedimental; ética docente