Propriedades psicométricas da escala curta de liderança transformacional da auditoria do sistema humano na Alemanha e nas Filipinas: um estudo cross-cultural

Palavras-chave: liderança transformacional; validade cross-cultural; escala curta

Resumo

O objetivo desta investigação é analisar as propriedades psicométricas da versão Filipina (N = 308) e Alemã (N = 200) da versão reduzida  da “Auditoria do Sistema Humano – liderança transformacional” (HSA-TFL versão reduzida) e identificar em que extensão os perfis de liderança transformacional são similares ou diferentes na Alemanha e na Filipinas. No contexto globalizado atual, aumentam o número de organizações multinacionais e se ajustam as relações comerciais entre países. Com isso, se intensifica a necessidade em organizações multinacionais de instrumentos parcimoniosos para medir a liderança e que sejam elaborados cientificamente, confiáveis e de aplicação rápida. Analisámos a estrutura fatorial, validade convergente e de critério, assim como os perfis de liderança transformacional na Alemanha e Filipinas, ambas economias importantes no seu bloco económico regional que experienciaram um crescimento considerável das suas relações comerciais bilaterais. Os resultados indicam que o HSA-TFL versão reduzida é um instrumento confiável (Filipinas α = .90; Alemanha: α = .91) com estrutura unifatorial quer para a versão filipina (RMSEA = .08, CFI = .88) quer para a alemã (RMSEA = .06, CFI = .89), demonstrando validade convergente para ambos os países. A validade do critério foi diferente nos dois países e sensível ao contexto cultural. Os perfis transformacionais, baseados no Multifactor Leadership Questionnaire (MLQ-5X), mostraram diferenças para ambos os países. Esta investigação fornece evidências empíricas da validade e utilidade da HSA-TFL na sua versão reduzida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-07-31
Como Citar
Berger, R., & Antonioli, T. (2019). Propriedades psicométricas da escala curta de liderança transformacional da auditoria do sistema humano na Alemanha e nas Filipinas: um estudo cross-cultural. Psychologica, 62(1), 165-185. Obtido de https://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/7012
Secção
Artigos