Geraldino Brites e as questões de ensino (1926-1934)

  • Carolina Henriques Pereira Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Geraldino Brites, questões de ensino, Universidade de Coimbra, Manuel Gonçalves Cerejeira, (anti)cleri­calismo

Resumo

Geraldino da Silva Baltazar Brites (1882-1941) - médico e professor universitário português que se destacou nas áreas científicas da Histologia e da Embriologia - foi um republicano fervoroso e um defensor dos ideais de igualdade e de laicidade da ordem social e dos costumes, combatendo por uma Universidade livre das grilhetas do conservadorismo e do marasmo intelectual. Frequentador de círculos republicanos e colaborador assíduo em revistas e jornais com fortes conotações anarco-sindicalistas e antifascistas, este cientista português viveu sob o signo da modernidade contrariando, através dos princípios da liberdade e da tolerância, todas as formas de opressão. A sua absoluta rejeição da adoção do ensino religioso pelas escolas, compreendendo que este se devia confinar a espaços privados ou a locais estritamente apropriados colocou-o, em 1926, no centro de uma disputa cultural e religiosa com Manuel Gonçalves Cerejeira, amigo íntimo de Salazar e futuro Cardeal-Patriarca de Lisboa. Explora-se, neste trabalho, não só as suas diferentes convicções e fundamentações acerca do ensino como, em simultâneo, se pretende dar a conhecer uma figura republicana que permanece esquecida. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-29
Secção
Dossiê temático