Riscos para a saúde das populações – estudo de caso do electromagnetismo no município de Guimarães

  • Bruno Azevedo Geografia, área de Especialização em Planeamento e Gestão do Território
  • Paula Cristina Remoaldo Departamento de Geografia da Universidade do Minho
  • Helena Nogueira Departamento de Geografia da Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Campos electromagnéticos, riscos, saúde, Guimarães.

Resumo

No presente artigo os autores realizam uma primeira aproximação de uma investigação em curso relacionada com o tipo de impacto dos postes e das linhas de alta e muito alta tensão na saúde da população, centrando-se na freguesia de Serzedelo (município de Guimarães), devido à elevada densidade deste tipo de postes e linhas e porque a freguesia foi estudada sumariamente ao nível da mortalidade pela Autoridade Regional de Saúde do Norte. Na presente investigação é ensaiada uma nova metodologia (estudo de expostos e não expostos), apresentando as respectivas limitações e vantagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-12-01