Ameaça de desastre ou risco dominado? Uma abordagem geo-histórica do risco de inundação em áreas urbanas. Exemplo de Mulhouse (França)

  • B. Martin Universidade de Coimbra
  • R. Ansel CRESAT, Université de Haute Alsace, Mulhouse
  • A. Drescher IPG, Albert-Ludwigs-Universität Freiburg i. Br.
  • O. Guerrouah CRESAT, Université de Haute Alsace, Mulhouse
  • R. Glaser IPG, Albert-Ludwigs-Universität Freiburg i. Br.
  • D. Riemann IPG, Albert-Ludwigs-Universität Freiburg i. Br.
  • M. C. Vitoux CRESAT, Université de Haute Alsace, Mulhouse
  • S. Vogt IPG, Albert-Ludwigs-Universität Freiburg i. Br.
  • L. With CRESAT, Université de Haute Alsace, Mulhouse
Palavras-chave: Riscos de inundação, geohistória, impacto antrópico, abordagem sistémica.

Resumo

O Plano de Prevenção dos riscos de inundação na bacia do Ill revela que a cidade de Mulhouse (França) está quase totalmente fora de perigo de inundações. Esta situação parece ser o resultado da construção de um importante canal de derivação durante a segunda metade do século XIX. Para avaliar a sua eficiência incontestável, adoptamos uma abordagem histórica e geográfica sistémica e em diferentes escalas com o objetivo de contextualizar a evolução das inundações devastadoras e do sistema de proteção. Estes trabalhos foram realizados no âmbito do programa francoalemão TRANSRISK, financiado pela ANR e pela DFG.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-08-10