Comunicação do risco e gestão da ameaça pandémica

  • Lúcio Meneses de Almeida Médico especialista em Saúde Pública. Serviços Regionais de Saúde Pública, ARS do Centro, Coimbra
Palavras-chave: Risco, comunicação do risco, infecção A (H5N1), ameaça pandémica.

Resumo

A comunicação do risco é um processo interactivo de troca de informação sobre risco (natureza, gravidade e aceitabilidade) entre indivíduos, grupos e instituições relativo a situações que ameaçam a saúde, a segurança ou o ambiente. A comunicação do risco é um instrumento fundamental de gestão do risco quando inclui conselhos redutores do risco. A "gripe das aves", epizootia pelo vírus influenza A (H5N1) é um dos exemplos actuais da relevância dos comunicadores do risco na gestão de uma ameaça. Cabe aos médicos de saúde pública peritos em comunicação do risco promover a adequação do nível de consciencialização do público relativamente a este problema.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-08-26
Secção
Artigos