As mediáticas “mãos criminosas dos incendiários” e algumas das “lições dos fogos florestais de 2005”, em álbum fotográfico. Contributo para a desmistificação dos incêndios florestais em Portugal

  • Luciano Lourenço Núcleo de Investigação Científica de Incêndios Florestais Faculdade de Letras da
  • Manuel Rainha Instituto de Conservação da Natureza, Parque Natural do Montesinho
Palavras-chave: Incêndios florestais, ordenamento do território, gestão florestal, meios aéreos.

Resumo

O ano de 2005, o segundo de pior memória em termos de incêndios florestais, foi pródigo em notícias que, frequentemente, deturparam a veracidade dos factos.

Com o objectivo de contrariar essa tendência e de revelar algumas das facetas menos conhecidas dos incêndios florestais, tecem-se algumas considerações gerais sobre quatro dos aspectos analisados, embora qualquer um deles possa vir a merecer investigação mais aprofundada no futuro.

Houve a preocupação de deixar claramente documentadas através de imagens a generalidade das situações descritas, razão pela qual a ilustração é mais abundante do que habitualmente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-08-28
Secção
Artigos