Evolução do troço terminal do rio Lis

  • José Nunes André Mestre em Geografia Física, Centro de Formação de Professores- Conímbriga (CEFOP).
  • Maria de Fátima Neves Cordeiro Mestre em Geografia Física, Escola Secundária de Vieira de Leiria
Palavras-chave: Rio Lis, Portugal central, evolução hidrográfica, ambiente.

Resumo

Apresenta-se uma síntese da evolução do sector inferior do rio Lis. Tendo em conta a hipótese de um traçado geral segundo direcção SSE-NNW durante o Plistocénico/Holocénico, passando pela actual praia do Osso da Baleia, a evolução caracterizou-se por uma significativa rotação para Oeste do troço vestibular. Durante os últimos séculos, verificaram-se importantes divagações da embocadura até à sua estabilização artificial, pela construção de diques. O progressivo assoreamento resultou numa drástica redução da navegabilidade. Também se descrevem os principais problemas ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2002-09-15
Edição
Secção
Artigos