Consequências hidrológicas e pedológicas das mudanças em áreas florestais

  • Antônio José Dinis Ferreira Universidade de Aveiro.
Palavras-chave: Portugal, serra do CaramuJo, florestas, processos hídricos, processos hidroquírnicos.

Resumo

A expansão da área florestal produz alterações ao nível dos ecossistemas em geral e à sustentabilidade dos recursos naturais em particular. Neste trabalho apresentam-se resultados sobre a implicação das florestas de Eucalipto e de Pinheiro sobre os recursos hídricos, nomeadamente sobre os processos hídricos e hidroquímicos. São ainda apresentadas taxas de erosão para vários usos florestais do solo. Uma particular atenção será dada às consequências de dois dos acontecimentos recorrentes mais catastróficos na floresta portuguesa: os fogos florestais e as lavragens no sentido do maior declive da vertente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1998-09-20
Edição
Secção
Artigos