Triagem diagnóstica da doença pulmonar obstrutiva crónica

  • Mário Talaia Universidade de Aveiro
  • Catarina Almeida Universidade de Aveiro
Palavras-chave: Espirometria, robustez física, distúrbios de ventilação, DPOC, índice de Tiffeneau

Resumo

A espirometria é o método aceite para o diagnóstico da DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica), uma doença com elevados custos sociais. Para determinadas profissões, nomeadamente as que envolvem robustez física, o risco da DPOC pode ser avaliado através de uma espirometria. Neste trabalho, a partir de uma colecção de dados, foi avaliado o tipo de patologia: doença ventilatória obstrutiva e/ou doença ventilatória restritiva. Os  resultados mostram que o volume expiratório forçado no 4º segundo deve ser valorizado em substituição da capacidade vital forçada e um novo indicador de triagem foi introduzido a partir do tipo de escoamento.

 

https://doi.org/10.14195/1647-7723_24_12

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-03-30