Jaime Cortesão, correspondência de exílio para o irmão Armando

Resumo

Publicação de 73 cartas da correspondência de Jaime Cortesão com o irmão mais novo Armando Cortesão. Abrangendo os anos de 1933 a 1941, cobrem parte significativa do exílio destes dois historiadores e resistentes antifascistas portugueses. O núcleo encontra-se integrado no Arquivo pessoal de Armando Cortesão, entregue à BGUC e incorporado em 2009, com a cotas Ms. AC.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-26
Secção
Artigos