Desafiar a agenda? Políticas e práticas de in(ex)clusão na UE: um olhar sobre os fluxos de refugiados

  • Maria Raquel Freire Cátedra Jean Monnet Professora Associada com Agregação, FEUC
  • Daniela Nascimento Coordenadora do Núcleo e Licenciatura em Relações Internacionais Professora Auxiliar, FEUC

Resumo

Olhando os desafios associados aos fluxos de refugiados/migrantes que têm nos anos recentes tentado chegar à UE, questionando a sua capacidade de resposta, e com base num pressuposto teórico centrado nos processos de securitização da questão dos refugiados e migrantes, este artigo procura mapear as respostas e medidas levadas a cabo ao nível da União Europeia, procurando perceber que implicações têm tido do ponto de vista da promoção de políticas de inclusão e integração de todos os que procuram na UE uma nova oportunidade de vida. Pretende-se ainda perceber os desafios que esta questão tem colocado na agenda europeia, olhando quer a dimensão interna quer a dimensão externa da questão.

https://doi.org/10.14195/1647-6336_15_7

  • Resumo visualizado = 24 vezes
  • PDF visualizado = 119 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-11-07
Como Citar
FREIRE, Maria Raquel; NASCIMENTO, Daniela. Desafiar a agenda? Políticas e práticas de in(ex)clusão na UE: um olhar sobre os fluxos de refugiados. Debater a Europa, [S.l.], n. 15, p. 133-147, nov. 2016. ISSN 1647-6336. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/debatereuropa/article/view/3818>. Acesso em: 21 set. 2019.

Palavras-chave

União Europeia; refugiados; migrantes; securitização; inclusão