Sistema Político da UE: um contribuinte para a pós-democracia

  • Dina Sebastião DHEEA - Faculdade de Letras Universidade de Coimbra CEIS20 - Universidade de Coimbra

Abstract

Tendo como base o conceito de pós-democracia, de Colin Crouch, este artigo pretende olhar para algumas dinâmicas do sistema político da União Europeia (UE) para refletir sobre como as mesmas afetam a qualidade da democracia europeia. Analisar-se-á as soluções para a crise financeira pós-2008, a influência do sistema político da UE na organização e atuação dos partidos políticos nacionais, assim como o registo da atividade de lobbying em Bruxelas. Com base nesta análise, sustenta-se que as particularidades do sistema político da UE são, por si só, um indutor de pós-democracia e que criam dinâmicas que contribuem para a degradação da qualidade de atuação de atores clássicos dos sistemas democráticos, fazendo emergir novos atores influentes na feitura das políticas públicas. Com isto, pretende-se encontrar paralelismos ao conceito de pós-democracia, mas mantendo como premonição a ideia de que a UE é um ator mais capaz do que o estado-nação para reverter as dinâmicas pós-democráticas.

  • Abstract viewed = 8 times
  • PDF (Português (Portugal)) viewed = 5 times

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2018-03-12
How to Cite
SEBASTIÃO, Dina. Sistema Político da UE: um contribuinte para a pós-democracia. Estudos do Século XX, [S.l.], n. 19, p. 97-125, mar. 2018. ISSN 1647-8622. Available at: <https://impactum-journals.uc.pt/estudossecxx/article/view/4739>. Date accessed: 20 sep. 2019.
Section
Multidisciplinary Dialogues