Fragmentação e Edição no Livro do Desassossego

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14195/2182-8830_1-1_3

Palavras-chave:

Fernando Pessoa, Livro do Desassossego, Interpretação, Fragmento, Edição Eletrónica

Resumo

Este artigo argumenta que as diferentes edições do Livro do Desassossego são de certa forma uma desfiguração na medida em que tomam decisões que o escritor não tomou sobre variantes ​​textuais e seleção de fragmentos. Na modernidade, na qual o “Livro” se apresenta como horizonte utópico, Pessoa produz uma escrita que não se fecha e que, portanto, permanece aberta à interpretação. Além disso, tentarei mostrar como a mediação (interpretação) de um texto se reflete em elementos gráficos que criam significado. O processo de escrita passa por diferentes etapas desde a inscrição da primeira letra no papel até ao momento de publicação seja em que formato for. A edição digital pode ser concebida como uma forma de mostrar que a escrita se baseia num processo de seleção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia Autor

Diego Giménez, Universidade de Coimbra | CLP

Diego Giménez é licenciado em Filosofia pela Universidade de Barcelona (UB) e possui mestrado em Estudos Literários pela mesma universidade. Tem realizado diferentes actividades relacionadas com a literatura e o jornalismo. Trabalhou na redação de La Vanguardia.com e co-fundou em 2008 Revista de Letras. Atualmente realiza um doutoramento em literatura e pensamento na UB, onde investiga o Livro do Desassossego de Fernando Pessoa, sob a orientação das Dras. Elena Losada e Isabel Soler. É também investigador na Universidade de Coimbra, onde trabalha no projeto financiado pela FCT «Nenhum Problema tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do Desassossego» PTDC/CLE-LLI/118713/2010.

Diego Giménez holds a BA in Philosophy from the University of Barcelona (UB) and an MA in Literary Studies at the same university. He has undertaken several activities related to literature and journalism. He worked as a journalist in LaVanguardia.com. In 2008 co-founded Revista de Letras. He is currently doing a PhD in literature and thought at the UB where he researches The Book of Disquiet by Fernando Pessoa under the supervision of Elena Losada and Isabel Soler. He is also a researcher at the University of Coimbra where he works in the FCT-funded project «No Problem Has a Solution: A Digital Archive of The Book of Disquiet» (PTDC/CLE-LLI/118713/2010).

Publicado

2013-06-30

Como Citar

Giménez, Diego. 2013. «Fragmentação E Edição No Livro Do Desassossego». MATLIT: Materialidades Da Literatura 1 (1):57-73. https://doi.org/10.14195/2182-8830_1-1_3.

Edição

Secção

Secção Temática | Thematic Section