Ontologia para a Hibridez dos Novos Média

Palavras-chave: novos média, pós-digital, hibridez, imagem, cinema

Resumo

Recenção de crítica de Jihoon Kim, Between Film, Video, and the Digital: Hybrid Moving Images in the Post-media Age, New York: Bloomsbury, 2016, 404 pp., ISBN 978-1-6289-2293-6.

Em Between Film, Video, and the Digital: Hybrid Moving Images in the Post-media Age, Jihoon Kim tenta descrever a ontologia das obras de arte contemporânea produzidas no universo da Arte dos Novos Média, particularmente a ontologia das obras que ele entende como imagens em movimento híbridas, imagens cujas caracteristicas típicas são desnaturalizadas, desconstruídas e ressignificadas quando remediadas através de plataformas digitais, suportes técnicos ou práticas artísticas distintas das originais. Revendo as teorias de importantes críticos de arte das últimas décadas, como Clement Greenberg e Rosalind Krauss, e conjugando-as com teorias de críticos de arte contemporânea, como Lev Manovich e Peter Weibel, Kim fornece-nos novas ferramentas para entender por que motivo esta hibridez dos Novos Média é viável como fruição visual, bem como por que é progressivamente capaz de captar novas possibilidades da imagem historicamente orientadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia Autor

Fábio Waki, Universidade de Coimbra | CLP

Bacharel em Estudos Literários (Unicamp); Mestre em Estudos Clássicos (Unicamp); Aluno de doutoramento em Materialidades da Literatura (Universidade de Coimbra).

Referências

Jihoon Kim (2016). Between film, video, and the digital: hybrid moving images in the post-media age, New York: Bloomsbury.

Krauss, Rosalind (1999). A voyage on the North Sea: art in the age of post-medium condition, New York: Thames & Hudson.

Publicado
2017-12-27
Secção
Recensões | Reviews