Literacia e Leitura para o Século XXI

  • Carla Viana Coscarelli Universidade Federal de Minas Gerais
  • Ana Elisa Ribeiro Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET - MG
Palavras-chave: letramento, leitura, literatura, multimodalidade, multiletramentos

Resumo

A leitura de diferentes gêneros textuais exige diversas abordagens pelo leitor. Ele precisa perceber a composição dos textos, as linguagens articuladas nele, perceber as singularidades do texto literário e os sistemas simbólicos envolvidos nele. O Projeto Redigir desenvolve e disponibiliza, gratuitamente, atividades para serem aplicadas por professores de Português e trabalha, entre outros, com textos literários, explorando a compreensão deles numa perspectiva do letramento literário, digital, da multimodalidade e dos multiletramentos. Nosso objetivo é a formação de leitores e de professores que vão ajudá-los a desenvolver competências de leitura de diversos gêneros encontrados em suportes impressos e digitais. Entre as propostas há atividades com poesias contemporâneas, cujos autores são entrevistados pela nossa equipe. Há também propostas de criação de livros de imagens, com realidade aumentada. Buscamos colaborar para a formação de professores que coloquem em prática teorias recentes dos estudos literários e linguísticos, trabalhado de forma significativa, crítica e transformadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia Autor

Ana Elisa Ribeiro, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET - MG

Departamento de Linguagem e Tecnologia do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG)

Referências

BETHÔNICO, Jônio Machado, and Daniella Milagres (2016). “Letramento em marketing em avaliações do 3o. ciclo do Ensino Fundamental.” Simpósio Internacional de Ensino de Língua Portuguesa – SIELP, Uberlândia, MG: Universidade Federal de Uberlândia. 25 May 2017. http://www.ileel.ufu.br/anaisdosielp/arquivos/anais_sielp_2016 k.pdf

BRAIT, Beth, and Maria Cecília Souza e Silva, eds. (2012). Texto ou discurso? São Paulo: Contexto.

CASTRO, Marcelo de (2017). Letramentos multissemióticos em aulas de Língua Portuguesa: possibilidades e desafios em uma escola pública de Ouro Preto – MG. Masters Dissertation, Universidade Federal de Ouro Preto.

CAZDEN, Courtney, Bill Cope, Norman Fairclough, and Jim Gee (1996). “A Pedagogy of Multiliteracies: Designing Social Futures.” Harvard Educational Review 66.1: 60-93.

COSCARELLI, Carla Viana, and Else Martins Santos (2009). “O livro didático como agente de letramento digital.” Alfabetização e língua portuguesa. Ed. M. G. Costa Val. Belo Horizonte: Autêntica/Ceale/ Fae/UFMG. 171-18.

COSSON, Rildo (2014). Letramento literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto.

FLORES, Camila Engler B. (2015). Compreensão de enunciados de questões de tirinhas da Mafalda. Master Dissertation, Universidade Federal de Minas Gerais.

FREIRE, Paulo (1974). Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

OECD (2011). “PISA 2009 Results: Students on Line: Digital Technologies and Performance.” 11 Jan 2016. http://dx.doi.org/10.1787/9789264112995-en

PAIVA, Aparecida (2005). “Alfabetização e leitura literária.” BRASIL. Ministério da Educação. Alfabetização e letramento na infância. TV Escola, Boletim 05. 27 May 2017. http://pacto.mec.gov.br/images/pdf/Formacao/150630AlfabetizacaoeLetramento.pdf#page=42

PAULINO, Graça (2001). “Letramento literário: por vielas e alamedas.” Revista da FACED, 117-125. 27 May 2017. https://portalseer.ufba.br/index.php/entreideias/article/viewFile/2842/2018

SOARES, Magda (2002). “Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura.” Educação & Sociedade 23: 143-160. 27 May 2017. http://www.scielo.br/pdf/es/v23n81/13935

SOUZA, Cláudia Mara (2005). O gênero prova e as habilidades de leitura: O que provam as provas? Masters Dissertation, Universidade Federal de Minas Gerais.
Publicado
2018-08-10
Secção
Secção Temática | Thematic Section