Tomás Cabreira: um economista político num país de "finanças avariadas"

  • Ana Bela Nunes Universidade de Coimbra

Resumo

Tomás António da Guarda Cabreira (1865-1918) destacou-se como economista e político através de uma ampla e diversificada obra escrita sobre temas económicos e financeiros, através de uma curta intervenção política como deputado e senador a partir de 1911 e como Ministro das Finanças entre Fevereiro e Junho de 1914. A análise dos principais aspectos do seu pensamento político-económico, revelados em especial na sua abordagem dos problemas financeiros portugueses, são o objectivo principal deste trabalho. Tomás Cabreira revela-se do ponto de vista doutrinário e teórico um economista liberal, pragmático e eclético.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-06-14
Secção
Artigos