Aprendizagem de programação de computadores: dificuldades e ferramentas de suporte

  • Anabela Gomes Instituto Superior de Engenharia de Coimbra
  • Cristiana Areias Instituto Superior de Engenharia de Coimbra
  • Joana Henriques Universidade de Coimbra
  • António José Mendes Universidade de Coimbra

Resumo

São várias as razões que tornam a aprendizagem de programação um processo difícil, ao qual as abordagens de ensino tradicionais não têm conseguido responder eficazmente. Muitas soluções tecnológicas têm sido desenvolvidas, porém o problema subsiste. Para além de diversas razões apontadas por muitos autores como estando na origem deste problema, destacamos a elevada dificuldade apresentada pelos alunos para resolver problemas genéricos. Esta dificuldade é acentuada quando os problemas são mais orientados à programação, traduzindo-se na incapacidade de concepção de algoritmos. Encontra-se em desenvolvimento uma nova proposta que se centra essencialmente no desenvolvimento de competências de resolução de problemas, genéricos numa fase de conhecimento inicial e orientados à programação em fases cognitivas mais avançadas. Este novo ambiente assenta em duas estruturas basilares, os estilos de aprendizagem preferenciais de cada aluno e o seu nível cognitivo. Relativamente a este último aspecto incorpora também mecanismos para treinar as funções cognitivas em défice.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2008-07-01
Como Citar
Gomes, A., Areias, C., Henriques, J., & Mendes, A. J. (2008). Aprendizagem de programação de computadores: dificuldades e ferramentas de suporte. Revista Portuguesa De Pedagogia, (42-2), p. 161-179. https://doi.org/10.14195/1647-8614_42-2%x
Secção
Artigos