A Oscilação do Atlântico Morte (NAO) e riscos climáticos em Coimbra durante o inverno entre 1950 e 2010

  • Carla Mateus Aluna do Mestrado em Geografia Física, Ambiente e Ordenamento do Território Departamento de Geografia, Faculdade de Letras, Universidade de Coimbra
  • Lúcio Cunha Departamento de Geografia, CEGOT, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Oscilação do Atlântico Norte, ondas de frio, cheias, prevenção, ordenamento do território

Resumo

Existe uma relação entre as fases da NAO e as manifestações de risco climático no Inverno em Coimbra entre 1950 e 2010. Verificaram-se períodos com maiores quantitativos pluviométricos, maiores caudais mensais e maior ocorrência de cheias, o que correspondeu a fases negativas da NAO. Em oposição, durante as fases positivas registou-se um abaixamento das temperaturas mínimas, maior número de dias com temperaturas negativas, em Coimbra, e maior ocorrência de ondas de frio, na Região Centro, entre 1983 e 2009.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-07-28