Desastres naturais de origem hidro-geomorfológica no baixo Mondego no período 1961-2010

  • Alexandre O. Tavares Faculdade de Ciências e Tecnologia e Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra atavares@ci.uc.pt
  • Leandro Barros Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra
  • Pedro P. Santos Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra
  • José L. Zêzere Centro de Estudos Geográficos, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Cheias, inundações, movimentos de massa, ocorrências, impactos

Resumo

Apresenta-se uma base de dados de desastres naturais de origem hidro-geomorfológica reportados na imprensa escrita local, para a região do Baixo Mondego, no período 1961-2010. Os resultados salientam espacialmente a relevância das inundações em espaço urbano e das cheias progressivas em espaços de interface urbano/rural, assim como os movimentos de massa associados a infraestruturas viárias. A distribuição temporal das ocorrências mostra a diminuição dos impactos por cheias progressivas, com incremento dos relacionados com cheias rápidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-07-28