Tempestade de 23 de dezembro de 2009. Causas meteorológicas e impactes na Região Oeste de Portugal continental

  • António Lopes CEG, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa
  • Marcelo Fragoso CEG, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Tempestade de vento, ciclogénese rápida, impactos, queda de árvores.

Resumo

No dia 23 de Dezembro de 2009 a região Oeste foi atingida por uma tempestade extratropical com ventos muito fortes (as rajadas foram superiores a 140 km/h), que derrubaram torres de alta tensão (provocando cortes no abastecimento de energia) e árvores. As consequências mais gravosas ocorreram nos distritos de Lisboa, Leiria e Santarém. As quedas de árvores constituíram a maior parte das ocorrências observadas, sendo por isso necessário e urgente proceder-se à realização de inventários sobre o estado fitossanitário das árvores em ambiente urbano.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-12-01