Risco de incêndio numa fossa de resíduos sólidos

  • Emanuel Ferreira Serviço Regional de Protecção Civil da Madeira
  • João Paulo C. Rodrigues Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
  • Leça Coelho Laboratório Nacional de Engenharia Civil
Palavras-chave: Risco, incêndio, modelo, campo, zona.

Resumo

Neste artigo é analisado o risco de incêndio numa instalação de tratamento de resíduos sólidos urbanos, nomeadamente ao nível da sua fossa de deposição desses resíduos. Foram realizadas simulações do desenvolvimento do incêndio usando um modelo de duas zonas, o Consolidated Model of Fire and Smoke Transport (CFAST) e um modelo de campo, o Fire Dynamics Simulator and Smokeview (FDS-SMV), ambos do National Institute of Standards and Technology (NIST), sendo os resultados analisados e discutidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-07-29