Episódios extremos de precipitação e fragilidade dos ambientes urbanos: exemplos de Portugal e do Brasil

  • Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim Faculdade de Ciências e Tecnologia/UNESP Campus de Presidente Prudente, São Paulo, Brasil
  • Ana Monteiro Departamento de Geografia, Universidade do Porto, Portugal
Palavras-chave: Catástrofes climáticas, precipitação, ordenamento do território, sustentabilidade.

Resumo

Este artigo tem como objetivo ajudar a avaliar a efetiva “excepcionalidade” de episódios chuvosos, mas, simultaneamente, também aproveitar para refletir sobre a “perigosidade” das modernas opções de planejamento, demonstrando que os atuais desenhos urbanos, tanto no Brasil, como em Portugal, ignoram os sítios e as posições geográficas, replicando modelos em qualquer latitude e aumentando, com isso, as causas de progressão da vulnerabilidade que transformam, por exemplo, alguns episódios chuvosos extremos em catástrofes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-08-10